25/06/2019

Qualquer célula imatura pode se transformar em célula-tronco

Redação do Diário da Saúde
Qualquer célula imatura pode se transformar em célula-tronco
"É simplesmente uma questão de estar no lugar certo, na hora certa. Aqui, os sinais do entorno das células determinam seu destino."
[Imagem: Jordi Guiu/KU]

Potencial de célula-tronco

Pesquisadores da Universidade de Copenhague (Dinamarca) fizeram uma descoberta que desmente todo o conhecimento tradicional do desenvolvimento natural das células-tronco.

Em um artigo publicado na revista Nature, eles demonstraram que o destino das células não é predeterminado, mas sim determinado pelo seu ambiente, o que significa que pode ser mais fácil manipular as células-tronco para terapias do que se imaginava.

A principal conclusão é que todas as células têm o potencial de se desenvolver em células-tronco.

"Nós costumávamos acreditar que o potencial de uma célula para se tornar uma célula-tronco era predeterminado, mas nossos novos resultados mostram que todas as células imaturas têm a mesma probabilidade de se tornar células-tronco no órgão completamente desenvolvido.

"Em princípio, é simplesmente uma questão de estar no lugar certo, na hora certa. Aqui, os sinais do entorno das células determinam seu destino. Se formos capazes de identificar os sinais que são necessários para a célula imatura se transformar em uma célula-tronco, será mais fácil manipular células na direção desejada," disse o professor Kim Jensen, coordenador da equipe.

Terapias e transplantes

A descoberta surpreendente é o resultado de uma busca pela compreensão do que controla o destino das células-tronco intestinais. Para isso, o pesquisador Jordi Guiu desenvolveu um método para monitorar o desenvolvimento das células intestinais individuais, o que foi possível introduzindo proteínas luminescentes nas células e usando microscopia avançada.

Após os testes iniciais, as células que os pesquisadores acreditavam serem células-tronco fetais só conseguiram explicar uma fração do crescimento dos intestinos durante o desenvolvimento fetal. Refinando os métodos de análise, eles viram que todas as células intestinais podem ter a mesma chance de se tornarem células-tronco. Tudo depende da necessidade e da localização da célula comum.

"O próximo passo é determinar precisamente quais sinais são necessários para células imaturas se desenvolverem no tipo de células-tronco que precisamos. Este é um dos nossos focos de pesquisa," disse Jensen.

Ao longo da vida, os órgãos do corpo são mantidos pelas células-tronco, que também são capazes de reparar danos menores nos tecidos. Uma melhor compreensão dos fatores que determinam se uma célula imatura se desenvolve ou não em uma célula-tronco pode, portanto, ser útil no desenvolvimento de células-tronco para terapias e transplantes.


Ver mais notícias sobre os temas:

Células-tronco

Transplantes

Biologia

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.