04/07/2019

Lutando para atingir seu Eu ideal? Pegue leve consigo mesmo

Redação do Diário da Saúde
Lutando para atingir seu
Pegue leve consigo mesmo e viva mais.
[Imagem: Brandeis/iStockPhoto]

Ideais e autocríticas

Ter aspirações nos ajuda a navegar pela vida de uma maneira significativa e satisfatória, mas também pode causar sofrimento psicológico quando as esperanças não se realizam.

E parece que não é o fato de não progredir rumo ao nosso "eu ideal" que é problemático, mas sim a tendência de se concentrar nessa falta de progresso de um modo negativo que leva ao sofrimento psicológico.

Em outras palavras, vale a pena ser gentil consigo mesmo, dizem Joanne Dickson e seus colegas da Universidade Edith Cowan (Austrália).

Vários estudos têm confirmado que ser gentil consigo mesmo tem benefícios mentais e físicos, mas a equipe australiana queria investigar se as discrepâncias de "eu ideal" e "eu real" estariam associadas a sintomas depressivos e ansiosos.

"O 'eu ideal' é a pessoa que idealmente queremos ser - nossas esperanças e aspirações. O 'devo ser' é quem nós acreditamos que devemos ser - nossos deveres, obrigações e responsabilidades," detalhou Dickson. "Nossos resultados mostraram que perceber as esperanças e os desejos sobre si mesmo como não realizados e a ausência dos resultados positivos desejados aumenta a vulnerabilidade emocional e o sofrimento psicológico."

A equipe também levou em consideração se a "ruminação", ou pensamento negativo excessivo, desempenha um papel nesses relacionamentos consigo mesmo.

"Não é deixar de progredir em direção ao nosso 'eu ideal' que é necessariamente problemático, mas sim a tendência a pensar repetidamente nessa falta de progresso que representa uma vulnerabilidade significativa que, por sua vez, leva ao aumento do sofrimento psicológico.

"Precisamos ser gentis com nós mesmos e manter nossos autoguias em perspectiva," concluiu Dickson.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sentimentos

Felicidade

Comportamento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.