31/03/2020

Depois de beber, pessoas ligam menos para beleza de potenciais parceiros

Redação do Diário da Saúde
Depois de beber, pessoas ligam menos para beleza de potenciais parceiros
O efeito, chamado pelos psicólogos de "óculos da cerveja", também pode ser entendido como "a beleza está nos olhos do bêbado".
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Óculos da cerveja

Psicólogos decidiram ver se havia alguma sustentação no ditado popular de que pessoas bêbadas aceitam relacionar-se com parceiros que elas próprias consideram feios ou feias quando estão sóbrias - os psicólogos chamam isso de "efeito óculos da cerveja".

E eles concluíram que existe ao menos uma boa dose verdade nesse saber popular.

Rebecca Monk e seus colegas da Universidade Edge Hill (EUA) fizeram uma pesquisa em bares e pubs dentro da própria Universidade, solicitando aos participantes que respondessem a indícios de paqueras mas sem dar importâncias a se os pretendentes eram atraentes ou não - os eventuais paqueradores eram apenas fotos na tela de um computador.

Enquanto participantes sóbrios foram largamente propensos a reagir bem às paqueras pretensamente feitas pelos rostos atraentes, a atenção dos que já haviam bebido não mostrou qualquer preferência por rostos atraentes ou pouco atraentes.

"Pesquisas anteriores sobre os fenômenos dos 'óculos da cerveja' produziram resultados inconsistentes e se limitaram a perguntar diretamente às pessoas se elas achavam outras atraentes. Usando uma medida indireta de atenção, nossa pesquisa conseguiu superar algumas dessas limitações.

"Sabemos que rostos atraentes podem desviar a atenção da tarefa em questão, mas nossa pesquisa sugere que o álcool tem a capacidade de diminuir esse efeito; de nivelar o campo de jogo," disse Rebecca Monk.

Vale notar que nenhum dos voluntários estava para lá de Badgá, ou realmente bêbados, tendo apenas bebido socialmente.

"É notável que em nosso estudo os participantes tenham sido apenas levemente intoxicados [pelo álcool], sugerindo que não é preciso muito álcool para as pessoas colocarem seus 'óculos de cerveja'," finalizou Rebecca.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Can beauty be-er ignored? A preregistered implicit examination of the beer goggles effect.
Autores: Rebecca L. Monk, Adam W. Qureshi, Samantha Lee, Natasha Darcy, Gemma Darker, Derek Heim
Publicação: Psychology of Addictive Behaviors
DOI: 10.1037/adb0000555

Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Relacionamentos

Vícios

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.